Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

16 de set de 2011

Uma grande série sobre Curitiba 16

Uma licitação para os ônibus: resposta à reportagem
Por: Coré-Etuba M. da Luz


E aí, firmeza total.


O cara encerrou o texto assim:


"Quem venceu a concorrência curitibana? Foram as mesmas empresas que já prestavam o serviço, há décadas, na precária condição de permissionárias. Não que este resultado seja eticamente questionável (???????????? - ênfase meu), mas o mais provável é que se repita o mesmo resultado em âmbito estadual, já que as atuais empresas – com estruturas já montadas e investimentos já amortizados – terão mais possibilidades de manter-se no ramo do que as forasteiras."
_________________________________________________________________________________________
[referência ao texto veiculado na Gazeta do Povo em 19/10/10: "Uma licitação para os ônibus: vide: http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1058773&tit=Uma-licitacao-para-os-onibus]
_________________________________________________________________________________________

Digo, como não é eticamente questionável????????????

Quem escreveu isso ou é covarde ou tem rabo preso. Se ele quisesse dizer que não é juridicamente questionável, vá lá. Mesmo assim eu aposto que é. Mas que seja. Consideremos que embora totalmente fraudada a licitação soube manter as aparências. Agora não é eticamentequestionável???????????????????


É evidente que são cartas marcadas, e digo mais.
Antes da licitação, as empresas já haviam comprado os ônibus, e sei disso por fonte segura, por pessoas que trabalham dentro do sistema, no caso, na Auto Viação Redentor. Ou seja, todo mundo sabia que a licitação é fachada, exceto esse imbecil. É pior, ele não é imbecil, é corrupto. Se fosse imbecil não teria conhecimento do que está dizendo, mas ele tem.

É uma mentira grotesca dizer que os locais tem mais condições, e por isso 'vencem' a licitação. Não vencem.


Numa licitação
, o processo deveria levar ao resultado, mas em Curitiba o resultado leva ao processo.
Ainda bem que a RPC não vê nenhum problema ético nisso. Bem arranjado está nosso estado com essa imprensa 'livre', que depois faz campanhas pela 'ética' (?????????) na política. 

Nada impede que empresas de fora entrem no sistema, se a licitação for transparente. Esse canalha esquece, ou finge esquecer, que outras viações tem grandes frotas em suas cidades de origem, que não vai ser o zé da esquina que vai falar "eu vou tirar 300 ônibus da cartola". Essas empresas têm centenas, as vezes milhares de ônibus novos em outros locais, e poderiam bem deslocar algumas dezenas pra cá, bastando pintar, pois já atendem ao padrão daqui - que na verdade é mais baixo que o de São Paulo, por exemplo, como irei provar em outro texto que estou finalizando.


Tanto que o contrário ocorre sem problemas. A Viação Cidade Sorriso opera em Uberlândia-MG, a Leblon de Fazenda Rio Grande vai cuidar do transporte de Mauá, na Grande São Paulo - um município aliás muito parecido com FRG, é região-dormitório, pobre e distante do núcleo da metrópole. E uma outra empresa daqui, não sei qual, venceu a licitação pra operar uma linha na Grande Florianópolis.


Esse sem-vergonha mentiroso sabe disso, mas fica mais uma vez repetindo a "Grande Mentira", de que tudo aqui funciona melhor, por isso os de fora não tem condição de vir pra cá. E quando vem a culpa de todos os problemas é deles, dos que não são daqui, portanto não estão adaptados ao estilo curitibano, que é superior em tudo. Se você nota semelhanças com a Alemanha nazista, não é por acaso. É claro que aqui nunca ninguém propôs construir campos de concentração, graças a Deus, mas que o modelo da propaganda curitibana se inspirou na alemã é fato.


Bem, esse modelo de 'aqui tudo funciona' foi bolado por Lerner, que é judeu. Como é sabido, os judeus são especialistas em usar pra seu proveito as mesmas técnicas que foram vítimas na Europa na primeira metade do século passado. Veja o que eles fazem com os palestinos em Gaza, e em menor escala na Cisjordânia também. Reflita em seu coração e me diga sinceramente se o campo de concentração de Gaza é melhor que o gueto de Varsóvia. Claro, eles não matam os árabes nas câmaras de gás, preferem jogar bombas de uma tonelada em bairros densamente povoados. E já fizeram isso pelo menos duas vezes, em 2002 e 2009.




Veja as fotos do The Sun, de como onde havia um prédio – eu disse um prédio – agora há uma cratera. E me diga sinceramente: tem alguma diferença entre isso e a câmara de gás? Claro, eles vão dizer que os palestinos são 'terroristas' – terroristas porque resistem a serem colocados numa jaula gigante que é Gaza. Só que os alemães também diziam que os judeus são o lixo da humanidade. Terroristas tem que ser eliminados sem dó, mas o lixo da humanidade pode prosperar? Sim, eles dizem que é 'difamação' o que falam contra eles.


Porque claro são o povo 'escolhido', então não tem nenhum defeito. Eles dizem que os alemães mentem, eles dizem que os que resistem a sua ocupação cruel são terroristas, eles dizem que é preciso matar milhões no Irã, sendo que o Irã nunca atacou Israel, eles dizem que Curitiba é superior em tudo, eles dizem muitas coisas em sua imprensa 'livre', e quase ninguém contesta, porque está quase todo mundo ocupado demais com orkut e outras coisas ainda mais estúpidas pra reagir, enquanto isso o sistema de transporte vai ficando cada vez pior, e eles vão aumentando a dosagem de mentiras.

Vide o metrô, que já elegeu muitos políticos – incluindo o nosso próximo governador já eleito em primeiro turno - sem que um buraco sequer tenha sido cavado.


Cara, desculpe o desabafo. Mas estou cansado de tanta mentira. E sim, muitos sabem porém todos tem medo de afirmar, mas é evidente que a propaganda curitibana se espelha na nazista. E que o fato de Lerner ser judeu tem a ver com isso, pois os judeus são mestres na arte de mentir e manipular. Pegaram os medos e ressentimentos da massa ignorante que aqui habita, já que boa parte tem origem no Leste Europeu (Polônia, Ucrânia, etc) e transformaram isso num monstro, num orgulho cego que destruirá a todos se não abrirmos os olhos.


Felizmente aqui não há campos de concentração nem bombas de uma tonelada, o que não muda o fato de que na micro-escala pessoas estão perdendo a vida por um sistema de transporte que não funciona, mas é propagado como se tivesse eficiência inédita na face da Terra.
Tanto que não há nada a questionar, nem no campo ético, se licitações forjadas apenas dão um verniz de legalidade a uma situação imoral e ilegal até o limite que algo pode ser imoral e ilegal, pois “os de fora não conseguiriam mesmo manter o alto nível atingido por aqui” (!!!!!!!!!!).

Voltando à RPC, depois essa máfia ainda fica veiculando anúncios dizendo que a Gazeta é "do Povo do Paraná (????????????)", "do povo que luta, do povo que pede justiça (??????????)". A falta de vergonha na cara chega a tal ponto que mostram um sem-teto e dizem que a Gazeta também é "do povo da rua (!!!!!!!!!!!!!)". Só se eles defendem e são um pilar de um sistema que destrói a vida das pessoas, e faz com que muitos acabem mesmo ir morando na rua.


A Gazeta só representa um povo, o povo do Batel, o povo do Jardim Social, o povo do "Ecoville" e o povo de "Alphaville".


Assim é.


Que Deus ilumine a todos, especialmente aos que mentem. Não tenho ódio contra eles, peço do fundo de meu coração que Deus ilumine Lerner e esse colunista mentiroso. Mas sem levar as divergências pro lado pessoal, não irei me silenciar nunca quando a Grande Mentira ataca, defendendo um sistema que prejudica milhões pra enriquecer, como ele mesmo colocou, “uma dúzia” de privilegiados. Amar os mentirosos eu tento. Amar a mentira não o farei jamais.


Paz a toda humanidade.

"Deus proverá"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!