Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

28 de set de 2011

Uma grande série sobre Curitiba 37


Mais um dia, mais uma favela


Por: Coré-Etuba M. da Luz



E então.



Hoje estava trabalhando no Sítio Cercado, Zona Sul, quando me deparei com uma situação que me ocorre muito esporadicamente: achei uma favela que ainda não conhecia.

É a Vila Vitória
.

Conheço 97% das favelas do município de Curitiba – são perto de 300 no total – de forma que somente a cada 3 ou 4 anos acho uma que ainda não estive. 


Veja bem, não estou falando de invasões novas, que aliás pelo menos no município diminuíram muito. 

Me refiro a invasões que já existem, mas que eu ainda não havia percorrido. Das cerca de 300, já fui em umas 290, pelo menos. Seguindo a mesma média, só voltarei a descobrir outra favela na cidade quando a Copa no Brasil já tiver sido jogada.



Por isso é tão notável quando ocorre de achar uma ainda 'virgem' pra mim. Bem, essa agora já não é mais. Fui fazer a pesquisa, que era a 3 quadras dali, e depois retornei, pra me embrenhar nos becos da Vila Vitória, Sítio Cercado, Zona Sul. Mais uma pra lista.

É vizinha às favelas da Vila Americana e México 70, esta também chamada de União Cristo Rei, formando um complexo.


Nunca havia estado na Vila Vitória, que é uma favela bem pequena, já as outras duas são velhas conhecidas minhas. A Vila Americana é média (às margens de um rio) e a México 70 é uma favela grande. Já foi infinitamente mais feia, e a conheço desde esse tempo. A prefeitura agora a urbanizou, abrindo ruas, que por enquanto ainda estão sem nome e pavimentação. Ou seja, avançou bem, porém a conclusão do trabalho ainda vai longe.


…......


Um detalhe curioso é que em uma das casas havia uma toalha que era propaganda da Fanta Limão. É isso mesmo, Fanta Limão. Os mais antigos se lembram que nos anos 80 além das clássicas Fanta Laranja e Uva, havia as Fantas Limão e Guaraná, que foram abandonadas quando a Coca-Cola lançou o Sprite e o guaraná Taí, por sua vez abandonado com a chegada do Kwat.



É, estamos ficando velhos mesmo. Me lembro do antecessor do Sprite e dos dois antecessores do Kwat. Que coisa, né?

….............


Mais um dia, mais uma favela. E a vida continua.


“Deus proverá”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!