Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

21 de dez de 2011

McDonald's NÃO é comida

Por: Coré-Etuba M. da Luz
[13/01/11] 

Boa tarde a todos.


Com algum atraso, enfim envio a mensagem que lhes falei sobre o McDonald's. Vamos começar pelo mais importante, e depois desenvolvemos:



McDonald's não é comida


McDonalds simplesmente não é comida. Se você come essa porcaria, está injetando um lixo sintético em seu organismo que acabará por adoecê-lo. McDonald's não é comida, biologicamente falando, pois não se decompõe, e se houver algum cético capitalista eu tenho a prova do que estou dizendo.



Eu comprei um hambúrguer do McDonald's no dia 3 de novembro [de 2010], há dois meses e 10 dias portanto. E o deixei em minha estante. Eu disse estante, e não geladeira. Estamos no verão, como é notório, e houve muitos dias muito quentes nesses 70 que o hambúrguer está lá, sem refrigeração. 
E ele não se decompôs. Simplesmente não se decompôs

Se mumificou, digamos assim. Está duro como uma pedra, mas não há qualquer sinal de bolor. E quando falo 'hambúrguer do McDonald's, não estou me referindo só a carne, e sim ao produto completo. O pão também não se decompôs, nem o picles.

Veja bem, não estou falando em termos de ideologia. E sim de biologia. Ideologia é subjetiva, cada um tem a sua. Biologia é objetiva. Não estou falando pra não comer no McDonald's porque a sede é no Império do Mal, assim quando come lá está incentivando o capitalismo e seus efeitos: guerra, desemprego, desnutrição, transgênicos, etc. Tudo isso é verdade, na minha opinião. Mas essa é minha ideologia, algo subjetivo, que você tem todo o direito de discordar.

Por isso não estou indo por esse viés. Estou falando de biologia, de ciência, de algo objetivo. Aqui você não pode me desmentir, porque tenho a prova. Comprei um hambúrguer no McDonald's há 70 dias, e ele não se decompôs, mesmo ficando sem refrigeração no verão.

McDonald's não é comida
Faça o teste você mesmo: frite um hambúrguer de supermercado (que já não é orgânico), e ponha dentro de um pão. Deixe fora da geladeira. Em dez dias, no máximo, o pão estará tomado de bolor. A carne estará podre, expelindo mau-cheiro característico. Não é o que ocorre com os produtos do McDonald's.
O pão e a carne endureceram, não há odor algum. Mumificaram-se. Quem quiser comprovar venha até minha casa, ou marcamos em outra parte que eu levo a prova até você.



Vamos relembrar alguns conceitos básicos de biologia:

Por sua própria definição, todo alimento precisa ser biodegradável. Pois se não for seu estômago não consegue digeri-lo.
McDonald's não é biodegradável, é sintético, logo não é comida. Simples assim.

McDonald's não é comida
E o que é então McDonald's? Eu não sei, eu não sou químico. Sei que não é comida. Pode até ser 'comestível', mas não é comida. É definitivamente algo sintético. Você está comendo plástico, está comendo petróleo, qualquer coisa menos alimento, da forma como entendemos 'alimento'. 

É claro que se você insistir em comer no
 McDonald's, agredindo seu estômago, ele dará um jeito de digerir esse troço, pois ele não pode ficar parado ali. Mas isso exigirá imenso esforço, imensa produção extra de suco gástrico. Se comer no McDonad's até uma vez por mês, seu corpo consegue lidar com esse serviço extra sem se sobrecarregar. A partir de uma vez por semana, no entanto, a imensa quantia de suco gástrico (que é um ácido) necessário pra digerir o plástico do McDonald's fatalmente irá corroer as paredes de seu estômago, se transformando em gastrite e depois em úlcera, e depois em câncer.

Bem, veja as estatísticas da pandemia de câncer nos EUA. Falam por si só. E quanto aos cânceres do aparelho digestivo, agradeça em parte ao 'arco dourado' e seu plástico que é vendido como se fosse comida.

Eu sei, talvez você não acredite, ache que estou exagerando (exceto aqueles que já viram). Mas não estou.
Como disse um colunista que leio sempre na internet,
 a raiz do problema é que sua mente se recusa a aceitar o que no fundo você sabe que é verdade. E por que muitos se recusam a aceitar a verdade, mesmo com todas as evidências? Porque contradiz conceitos que são falsos, mas estão muito bem estabelecidos no consciente coletivo.

A própria Grande Mentira em ação, em toda sua glória e esplendor. Desde que você tem um ano de idade, ou ainda antes, o sistema capitalista lhe bombardeia com diversas mentiras. E muitos acabam por aceitar algumas delas. Por isso se recusam a crer que o 
McDonald's venda propositadamente toxinas como se fossem alimentos. Pois se aceitar isso, talvez tenham que repensar outras mentiras da sociedade capitalista também.

McDonald's não é comida

E as pessoas não querem isso. Elas não querem re-pensar nada. “Todo mundo sabe que é assim, então porque você está remexendo nisso?”, é a reação padrão. Falando mais explicitamente, as pessoas não querem pensar
Sem generalizar, claro, não todos, mas a maioria. Pois é certo, pensar dá trabalho e responsabilidade. Mais fácil é aceitar o que governo, mídia, universidades e religiões organizadas dizem. Eles já 'explicaram' o mundo pra você. Eles têm 'especialistas' que lhe dizem como as coisas funcionam. “Por que então você está se preocupando com isso?”, perguntam.

Porque essa é missão, eu respondo. Porque eu já decifrei o capitalismo, então sei que nem tudo que é aceito como padrão é correto. Quase nada do que as classes superiores recomendam através de sua máquina de propaganda é correto, eu diria.

Disse um Profeta indiano que “
estar bem adaptado a uma sociedade profundamente doente é sinal de doença e não de saúde”. Concordo com ele. E tem mais: eu sei do que falo. Só opino sobre o que já estudei, descartando sempre o 'achismo'. Muitos recebem correntes na internet e repassam instintivamente, sem raciocinar muito sobre o que estão espalhando, apenas porque acharam 'legal' ou 'interessante' a apresentação de fotos ou o vídeo.

Até porque muitos têm nessas correntes de internet sua maior fonte de informação sobre assuntos diversos, sendo então presas fáceis dos manipuladores de opinião. Eu não pretendo julgar ninguém, mas eu não faço isso. Só opino sobre o que estudei. Você pode discordar da forma com que eu vejo a questão, é seu direito, mas não pode dizer que eu falo sobre o que não entendo. E o próprio caso do McDonald's comprova isso.

Está circulando na internet uma mensagem que diz exatamente o que comprovei, que o que se serve no McDonald's não se deteriora. Há imagens de um cara que diz ter uma coleção de hambúrgueres, alguns de até 10 anos, e eles simplesmente não se decompõe. Recebi esse email, mas não repassei. Raramente repasso correntes, pois não gosto de ir no embalo alheio. Ao clicarmos em 'encaminhar' sem refletir muito (reação instintiva de muitos) muitas vezes estamos ajudando a perpetuar o ódio e a mentira. [...]. Então eu só repasso algo quando concordo 100%, quando eu mesmo teria escrito aquilo que recebi, tivesse a oportunidade.

E quando a tese é comprovável, eu nunca repasso sem antes fazer a experiência, sem refutar ou confirmar o que está sendo afirmado. Foi o caso aqui. O email diz que a McDonald's não se decompõe. Eu posso ir a essa lanchonete, comprar um sanduíche e comprovar. Foi o que fiz. 
McDonald's
 não é comida, pois não é biodegradável
.
É verdade. Lhes digo porque provei, e não porque recebi um email dizendo. Me disponho a apresentar a prova a qualquer um que precise ver pra crer.

Por isso lhe digo: se você não gosta de viver, coma McDonald's. Uma excelente maneira de cometer suicídio.

Assim É.
Que Deus ilumine a todos.
Deus proverá”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!