Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

21 de dez de 2011

SUS: chegar 30min antes....é o "Sistema"




                                                                                                           Por André Luiz Aguiar, usuário do SUS.


Conforme prometi pesquisar o fundamento jurídico e social de ter que chegar 30min antes do horário agendado para uma consulta já marcada no SUS, liguei em 09/12/11 para Ouvidoria da Saúde de Curitiba 0800-6440041 e eis que veio a resposta que eu imaginava.


Falei com a atendente, muito paciente e educada, chamada Amélia (nome fictício), e lhe questionei o fundamento jurídico e legal de tal imposição.

Um silêncio se fez do outro lado da linha; creio que a pergunta veio em momento inoportuno ou ela nunca havia sido feita antes.

Resposta educada porém infundada (não por ela): 

 Olha, não existe nenhum fundamento jurídico para isso. Mas é O SISTEMA do SUS aqui em Curitiba que AUTOMATICAMENTE quando a pessoa não aparece no posto para confirmar a vaga 30min antes acaba perdendo ela.

Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho-Curitiba
Refiz a pergunta e obtive a mesma resposta. 


Em seguida, perguntei qual é a base para a perda da vaga por decurso do tempo, sendo que se agenda o horário previamente e com meses de espera. Também argumentei e em seguida questionei o motivo disso, já que todos que são atendidos pelo posto de saúde marcam o horário qual é a lógica de se perder a vaga.

Outro ensurdecedor silêncio e mais uma r
esposta:
 Pois é.... a vaga passa automaticamente para outro. Mesmo que todos marquem, acontece que se acaba perdendo a vaga. É o SISTEMA.

Mas se a vaga é marcada antes e todos que lá vão tem de marcar horário, qual a fundamentação para tal situação; requestionei.


 Liga para o posto de saúde que você foi atendido [Ouvidor Pardinho] e fala com a responsável Ines Cecília ou Josefina, fone 3321-2714. Elas podem te dizer os motivos.

Tentei ligar mas só dava ocupado.


Ou seja, como bem imaginava desde o incício:
O SISTEMA  é quem diz o que deve ser e como deve ser.

Só relembro para todos que O SISTEMA não é um gás, mas são PESSOAS.


Já mandei meu reclame para algumas pessoas e autoridades; espero efetivamente atenção e ação para que esses desmandos com a Saúde na capital do Estado do PR bem como do Brasil cessem e que se cumpra a Constituição e a Justiça em detrimento do engessamento perpetrado pelo 
SISTEMA.

2 comentários:

  1. Anônimo15/1/13

    Pois bem André, acabei de passar por isso com uma consulta marcada desde 14/12/2012 para 18h e 30 min de hoje 15/01/2013 para o Dr. Luiz Henrique Gozzer Henriques.Quando vi que ia chegar atrasada liguei e não quiseram confirmar pelo telefone. Cheguei com 7 min de atraso (6h e 07 min) e não quiseram me atender. Disseram que ja tinha um senhor consultando em meu lugar quando minha consulta seria ainda as 18 hs e 30 min. Falei diretamente com a tal Josefina, uma mulherzinha ríspida, metida a besta como diz meu pai, que disse que tal sistema foi decidido em consulta pública a comunidade. Ai perguntei: como? se eu faço da comunidade e nunca me perguntaram nada? Também não tem nenhuma lei, estatuto, decisão, sistema, que possa se sobrepor a carta magna, CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Então reclamei pelo 156 e farei amanha um B.O. por omissão de atendimento médico que vai gerar um processo, com certeza. Contra a Prefeitura, Funcionária Josefina e o médico que é conivente com isso.

    ResponderExcluir
  2. Pois bem André, acabei de passar por isso com uma consulta marcada desde 14/12/2012 para 18h e 30 min de hoje 15/01/2013 para o Dr. Luiz Henrique Gozzer Henriques.Quando vi que ia chegar atrasada liguei e não quiseram confirmar pelo telefone. Cheguei com 7 min de atraso (6h e 07 min) e não quiseram me atender. Disseram que ja tinha um senhor consultando em meu lugar quando minha consulta seria ainda as 18 hs e 30 min. Falei diretamente com a tal Josefina, uma mulherzinha ríspida, metida a besta como diz meu pai, que disse que tal sistema foi decidido em consulta pública a comunidade. Ai perguntei: como? se eu faço da comunidade e nunca me perguntaram nada? Também não tem nenhuma lei, estatuto, decisão, sistema, que possa se sobrepor a carta magna, CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Quando o médico atrasa ou não aparece temos que calar a boca? E quando é ao contrário também? Então reclamei pelo 156 e farei amanhã um B.O. na Delegacia por Omissão de Atendimento Médico que vai gerar um processo, com certeza. Contra a Prefeitura, Funcionária Josefina e o médico que é conivente com isso.

    ResponderExcluir

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!