Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

30 de jan de 2014

Curitiba 57º graus: estações-tubo pegam fogo!



*André Luiz Aguiar

Eu já havia dito no Chega de Aperto do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) sobre a situação das estações-tubo aqui em Curitiba: calor infernal e lotação.
Chega de aperto-calor



Agora junte isso ao calor que tem feito nessa semana na capital paranaense, acrescente um revestimento de alumínio, uma pitada de vidros circulares, unte e depois refogue com falta de ventilação e ar-condicionado, resultado:
 57º,5 graus de calor.



Aqueles que ainda acham Curitiba, ou melhor as estações-tubo, o modelo de qualidade em transporte urbano, é porque ainda não experimentou ficar dentro deste forno, marinando a quase 58ºC. 




Descaso com os consumidores e, sem esquecer, com os cobradores de ônibus. Pois a Prefeitura/ URBS, quando há frio intenso, prometem melhores condições e não cumprem. Agora, com o calor escaldante, não esperem outra atitude que não o descaso.


A notícia veiculada pela URBS / Prefeitura sobre o tal projeto piloto para colocação de manta...bla,bla. não passa(rá) disso.


O frio continuará a castigar cobradores e usuários do transporte, assim como esse calor nas estações-tubo continuará a cozinhar o povão! 



Adivinha quem vai comer esse assado? 





*André Luiz Aguiar/Advogado/
Usuário do transporte
coletivo de Curitiba
OAB-PR 60.581




Fontes:
1) Temperatura dentro das estações-tubo chega aos 57 graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!