Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

18 de mai de 2016

Curitiba: queda vertiginosa no número de usuários de ônibus

 Por: Coré-Etuba M. da Luz

Curitiba teve a maior baixa

no número de passageiros de ônibus em 2015 



Veja essa matéria.
(Auto Viação Bangu, no Rio de Janeiro, fecha as portas e 800 perdem os empregos

O enfoque principal é no fechamento de uma viação no RJ. Mas ao final há essa tabela que anexo aqui. 
Em todo o Brasil vem caindo o número de pessoas que usam ônibus. Mas Curitiba teve a maior queda. 


E por quê? 
Oras, porque o sistema de transporte de Curitiba é ruim, ponto final. 

Só idiotas discutem com números. Basta de circo. "Hibribus", tubos, toda essa perfumaria não resolve nada. Só massageia o ego da burguesia que não usa transporte público de qualquer forma.

As pessoas não são tão burras assim, e estão percebendo que o transporte de Curitiba está ruim. 

Não por outro motivo a cidade do Brasil que teve a maior queda.

São Paulo e Rio de Janeiro - e até Maceió - que estão investindo de verdade na modernização se mantiveram estáveis. Em Fortaleza, que passa pelo mesmo processo, a queda foi pequena.

Chega de circo, de cosmética, de propaganda.

É preciso mais corredores, mais terminais, integração no cartão e mais ônibus nas ruas.

Cadê os Terminais do Tatuquara e Pilarzinho? Cadê o Ligeirão Norte? Cadê a Linha Verde Leste/Norte? Cadê a canaleta do Inter 2? E cadê o metrô?????

As promessas se multiplicam, grossa lavagem cerebral tenta ocultar a realidade que aqui há muito não se investe no transporte coletivo de verdade. 

O que esse prefeito que agora pede pra ser re-eleito fez pelo transporte? Menos de 5 km de pistas exclusivas, na XV de Novembro e Conselheiro Laurindo. É muito, mas muito pouco mesmo.

Isso era obra pra ser entregue no primeiro mês de gestão, afinal é só pintar uma faixa verde na pista, custo zero. Ele deveria ter entregue no mínimo 100 km de vias exclusivas, todo o trajeto do Inter 2 - que é o que foi prometido - no mínimo. Pra conversa começar. E nas principais vias da cidade que concentram várias linhas - Anita Garibaldi, Mateus Leme, Erasto Gaertner, Nilo Peçanha, pra citar apenas as da Zona Norte.  

A massa é realmente incapaz de entender conceitos filosóficos complexos. Mas o que afeta pessoalmente seu conforto eles compreendem perfeitamente, não com a mente mas com uma 'consciência corporal', se você entende o que é isso. Se o cara ouve que o ônibus é excelente, mas sua experiência corporal de usar de fato o ônibus lhe diz o contrário não há propaganda que o faça ficar meia hora no ponto pra ir esmagado como sardinha. 

O "gênios" da Urbs, Ippuc e Prefeitura como um todo precisam entender que o tempo da 'casa grande & senzala' já se foi. No passado, o transporte coletivo podia ser horroroso, indescritivelmente ruim, mas que outra opção o povão tinha de qualquer forma? Além de reclamar, não havia nada a fazer a não ser usar o ônibus, não importa o quão péssimo.

Esse tempo acabou. Hoje o Brasil vive uma situação similar a dos EUA. As pessoas vão usar transporte coletivo se no custo/benefício (pesando conforto e economia) compensar. Se não compensar, elas irão trabalhar de carro/moto. SP e RJ entenderam isso, que é a massa hoje tem poder de escolha, e não vai se convencer com palavras mas com fatos. 

Curitiba não entendeu. Os gestores dessa cidade continuam com a mentalidade do século 20, a de que o ônibus pode ser péssimo, mas os trabalhadores do subúrbio não têm outra alternativa. Essa não é mais a realidade, e os números provam. A burguesia que nunca usou mesmo ônibus se sente agraciada com a propaganda, mas quem de fato ficou no ponto de ônibus não se ilude. É preciso qualidade, é preciso que o transporte coletivo seja eficiente. 

E o de Curitiba não é. Muita cosmética, e pouca evolução. Essa gestão não fez nenhum terminal, não integrou no cartão, não concluiu nenhum corredor, não deu novas opções de integração. Fez pouco mais de 1 km de via exclusiva por ano.

1 quilômetro por ano???? É muito pouco. Resultado: o sistema está insolvente. E a quebra não tarda. Quem sabe aí haverá o despertar...


"Deus proverá"


_____________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!