Pesquisar nesta mnemônica

Translate

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

21 de dez de 2011

1 ano depois: McDonald's não é comida


Por: Coré-Etuba M. da Luz
[22/11/11]

Bom dia a todos.
Um ano atrás, escrevi-lhes um emeio mostrando que na verdade Mc Donalds não é comida, posto que simplesmente não se decompõe.

Como já disse um colunista que sempre leio, parte fundamental do problema é que a maioria está tão condicionada pela lavagem cerebral dos magos negros do capitalismo que simplesmente se recusa a aceitar as verdades mais simples, mesmo vendo as provas, pois prefere crer no que lhe disseram do que naquilo que ele mesmo está vendo.


E aqui foi o caso. Esse foi uma das mensagens que recebi mais respostas, mas alguns ainda tentaram se iludir colocando a culpa nos 'conservantes'. Pedi-lhes desculpas por ter que furar essa bolha de conforto, mas o problema é muito mais complexo que isso.
Comprei um hambúrguer em 3 de novembro de 2010. Há 1 ano e 19 dias, portanto. Ficou fora da geladeira. Ele ainda não se decompôs, e jamais o fará, pois se fossificou. Está duro como uma pedra, pois não é comida, é algo mineral talvez, não sei, mas não é comida, isso sei e lhe mostro.
McDonald's não é comida 1 ano depois
Então digo de novo e quantas vezes se fizerem preciso: McDonald's não é comida. Ponto final.

Caso se esforcem um pouco, todos podem aceitar esse fato, pois lhes provo, mandei as fotos e mando de novo, e convido qualquer um a vir aqui em casa, se isso não for suficiente. Mas faça melhor. Compre você mesmo um hambúrguer. Não confie em minha palavra, não é o que quero. Busque a Verdade por si mesmo. Essa sim é minha intenção. Tire a prova, mais, seja a prova, pra si e pra que os rodeiam.

Ao mesmo tempo, tire a prova inversa. Compre um punhado de carne moída no supermercado. Deixe fora da geladeira. Garanto que em menos de uma semana você não irá aguentar o fedor de matéria orgânica decomposta.

Com o 
McDonald's não há esse problema, pois ele não é orgânico. E não estou falando nem no sentido de não ter conservantes. Ele não é orgânico no sentido que não é carne ou pão que está ali, mas um elemento novo, ainda não classificado pela ciência, sendo dessa forma seus consumidores nada mais que cobaias humanas.
McDonald's é transgenia, e isso foi feito nos laboratórios dos magos negros, não seguindo as Leis da Natureza portanto.  McDonald's é comida tanto quanto os homens podem engravidar e dar a luz, pois a agressão às Leis Naturais é a mesma.
McDonald's não é comida 1 ano depois


As fotos que ilustram esse texto são de hoje, 22 de novembro de 2011. É um fóssil, na melhor acepção da palavra. Duro como uma pedra, não exala e nunca exalou qualquer odor. Agora imagine o esforço que o sistema digestivo de uma pessoa precisa fazer pra decompor algo que não se decompõe.
..................



Como é sabido, os EUA estão vivendo uma pandemia de câncer. 50% pros homens e 33% pras mulheres. É isso mesmo, 
simplesmente metade dos homens estadunidenses, e um terço das mulheres, terá alguma forma de câncer no decorrer de sua vidaOs dois fatos (comerem transgenia ao invés de comida e um em cada homens e uma em cada três mulheres ter a “peste brava”) estão inter-relacionados, não acha? Não julgo ser tão difícil assim fazer esse simples exercício de lógica, unindo causa e efeito.


Há outras causas, é certo. Mas essa é uma das principais. 'Você é o que você come', como eles dizem por lá. 
McDonald's não é comida 1 ano depois
Conhecidas são as cenas de quando se abrem os estômagos de gaivotas e tartarugas mortas, e lá há um monte de minerais: isqueiros, tampinhas, latas e pequenas garrafas. Agora imagine a mesma cena num ser humano: no IML de Nova Iorque, abre-se o estômago de mais um dos muitos estadunidenses que diariamente morrem por excesso de comida. Se não sabe, os EUA estão na lista da FAO (a agência da ONU pra alimentação) como um dos países que tem seríssimos problemas com comida – só que é o único que está por excesso de comida, todos os outros são por falta dela.

Enfim, voltemos ao IML de Nova Iorque. Mais um estadunidense, pesando mais de 160 quilos, foi dessa pra melhor. Ao abrirem o estômago dele, lá estão centenas de Big Macs fossilizados, exatamente como as tampinhas na barriga das gaivotas. A cena lhe repugnou? Lembre-se dela quando pensar em comer novamente nessas redes de 'comida rápida'. 'Rápida' certamente é, mas comida........ As fotos valem por um milhão de mentiras. Veja quantas vezes precisar, e se quiser ver pessoalmente, é só combinarmos.
..............
O desmascaramento de mais essa mentira completa um ano.
Feliz aniversário, fóssil de hambúrguer. Lhe darei os parabéns a cada novembro, repetindo essa mesma mensagem.
..................
A hora da Verdade está chegando. Preparemo-nos todos.
O aviso mais uma vez está dado.
..............
Que Deus ilumine a todos.
Deus proverá”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARE, PENSE, TOQUE E, SE NECESSÁRIO, COMENTE!
Obs: Haverá MODERAÇÃO do seu comentário!